Valle Nevado

Minha agradável visita ao Valle Nevado! #sqn

Viajar é realmente tudo de bom! Quem não gosta de pegar uns dias de suas férias e ir pra um lugar que nunca esteve antes? É tudo muito lindo, as férias são sempre lindas, é divertido viajar, tenho certeza disso. Mas, alguém que voltou de viagem recentemente, dificilmente irá dizer que passou vários perrengues, não é mesmo?

Todas as fotos de viagens ficam lindas, as paisagens são maravilhosas, há sorriso nos rostos em todas as fotos; mas ninguém gosta de contar os detalhes desagradáveis que passou em sua viagem.

Vou então compartilhar com vocês minha breve e nem tão agradável assim, visita ao Valle Nevado.

Cordilheira dos Andes

Cordilheira dos Andes- vista do avião

 

O Valle Nevado fica no Chile, na Cordilheira dos Andes, a 64 km do centro de Santiago e 2.860mts de altitude. É um local muito conhecido para os amantes de ski e snowboard e sua infraestrutura é incrível. Como conseguiram construir algo daquele tipo, em cima de uma montanha de gelo? É pra qualquer interiorano (no caso eu) , ficar encantado.

Compramos o passeio para o Valle Nevado com a empresa Turistik, muito bacana por sinal, não há do que reclamar. Nossa desagradável experiência começa na escolha da data.  Resolvemos, sem saber,  ir ao Valle Nevado num dia em que era feriado em Santiago. Imagine como estava aquele lugar…

Bom, acordamos nesse dia meio atrasadas e não conseguimos tomar café. Nos agasalhamos bem, afinal iríamos enfrentar um friozinho ao subir as “montanhas de gelo”. Cachecol, luvas, toca… tudo o que tínhamos direito. No fim, nem estava tão frio assim.

A caminho do Valle Nevado

A caminho do Valle Nevado

Nos juntamos ao grupo no local agendado e seguimos em direção ao Valle Nevado, nossa excursão tinha horário de saída e retorno. Estava tudo indo bem, até que o ônibus começou a subir as acentuadas e estreitas curvas das montanhas (Devia haver mais de 50 curvas!).

Vista do ônibus - Valle Nevado

Vista do ônibus – Valle Nevado

Não sei vocês, mas eu passo mal em serras e afins, ainda mais com o estômago vazio. A pressão caiu, mas me concentrei pra não dar vexame na excursão. Melhorei assim que chegamos ao destino final, mas na sequência, ficamos cerca de 1h30 na fila (se não foi mais, devido ao feriado que comentei acima) para alugar as roupas e escolher entre Ski e Snowboard. Se você nunca praticou nenhum dos dois, é “obrigatório” fazer uma aula com o instrutor antes de se aventurar pelos picos congelantes, até mesmo para sua segurança.

Roupas alugadas, decidimos pelo Ski e seguimos para um espaço destinado a vestir as roupas e encontrar a vestimenta ideal. Aí vem mais um momento desagradável; experimentei algumas botas (dessas para encaixar o ski) e o instrutor achou uma do “meu tamanho”; avisei que estava apertada pois meu pé é alto e estava incomodando, mas ele disse que era assim mesmo, pois não podia ficar largo para não ter perigo de torção. Pronto, o sofrimento continuou… 3 horas sentindo dor no ossinho dos pés.

Me preparando para esquiar - Valle Nevado

Me preparando para esquiar – Valle Nevado

Fizemos a aula com uma instrutora super bacana, que no final dizia quem estava apto para descer as montanhas e treinar um pouco mais de fato, pois a aula é feita num espaço pequeno logo na entrada, onde fica o restaurante, etc. Aptas para descer, faltou coragem e tempo. Fomos até o teleférico onde as pessoas desciam para esquiar, até que um rapaz que estava na nossa frente prendeu os skis é quase caiu no precipício. Desistimos imediatamente de descer e achamos outro espaço para aproveitar os minutos que nos restavam.

Aula de ski - Valle Nevado

Aula de ski – Valle Nevado

Tentando colocar em prática o que aprendi... Quem vê pensa!rs

Tentando colocar em prática o que aprendi… Quem vê pensa!rs

Pela fila que enfrentamos no começo e por toda a demora para se conseguir enfim, “tentar” esquiar, perdemos a noção do tempo. Resolvemos então olhar o horário e devolver os equipamentos. Será que nos atrasamos? O último ônibus que iria voltar para Santiago estava saindo (tivemos que pegar outro ônibus da mesma empresa, pois a excursão já tinha saído). Corremos, levamos uma bronca mas conseguimos voltar. Quase ficamos para trás!

Pausa para os pezinhos cansados!

Pausa para os pezinhos cansados!

Com a amiga Laís - Valle Nevado

Com a amiga Laís – Valle Nevado

E vocês vendo essas fotos diriam que esta visita ao Valle Nevado foi tão conturbada assim? É… Nem tudo é o que parece, fotos enganam rss.

Ah! E para completar, voltamos de lá mortas de fome e paramos no caminho para pedir uma pizza pra levar e comer no hotel. A pizza de todo mundo saía, a nossa não. No fim, a dona do estabelecimento pediu desculpas e nos deu uma Coca-Cola de cortesia.

Este dia realmente não era nosso. Mas no fim, saber levar e não se estressar é o segredo pra curtir, mesmo não estando 100%. Afinal, quando terá a oportunidade de viajar novamente?

Dicas:

  • Se for ao Valle Nevado, prefira pegar um transfer com o SKI Total, é bem mais barato e você tem o dia mais livre e faz o seu tempo. O primeiro horário de transfer é às 8h e o último para retorno às 17h.
  • Leve uns lanchinhos na mochila, serão úteis.

Curta a Fanpage: Registrando Viagens

Programe-se e boa trip! :)

Mau Moura

 

3 comments

  1. vivi · março 3, 2016

    estarei lá em setembro e uma amiga falou de outra estação de esqui, mais embaixo, onde seria mais barato e com mais opções de diversão, vc conhece?
    O vale nevado tem neve por mais tempo durante o ano….

    • Mau Moura · março 3, 2016

      Oi Vivi,
      Você deve estar falando na Farellones. Não conheci essa estação, mas sei que é mais em conta e os chilenos geralmente frequentam lá. Ela realmente oferece mais opções pra família, com atividades na neve como Tubing,tirolesa, trenós… Acho que vale a pena conhecer hein? O Valle Nevado eu achei mais turístico, e mais pra quem vai pra esquiar e praticar snow mesmo. Na próxima vou conhecer Farellones sem falta! :)

  2. Thiago · março 3, 2016

    HAHAHAHAAHA… aiai, Mau. Me vi visitando o Vale Nevado lendo seu texto…. rss.. Também cheguei em Santiago no dia das Festas Pátrias, mas só fui para o Vale no dia seguinte. Passei fome, frio, raiva com uma loja de um brasileiro que alugava roupas de frio, ficamos meio “largados” pelos instrutores do parque depois que terminou a aula para iniciantes, mas me diverti muito no final! E as fotos.. essas são sempre perfeeeeitas né?? Quem diz que alguém sofreu. Parabéns pelo post!! ;D